Mentalização para Performance nos Esportes, Negócios e na Vida!

A preparação mental pode ser considerada o grande diferencial competitivo utilizado para melhorar a performance e, consequentemente, atingir resultados. Por isso, tenho me dedicado mais de três décadas aos estudos e pesquisas sobre “Como contribuir para esse propósito”.

Nesse artigo, compartilho algumas aprendizagens valiosas, lições que reuni ao longo dessa jornada, com destaque para a técnica de Mentalização também utilizada nos Negócios e na Vida. Quer saber como?

O QUE É MENTALIZAÇÃO?

Mentalização é o exercício de criar e recriar experiências na mente com objetivo de reduzir a ansiedade, aumentar a concentração e confiança, estabelecer estratégias competitivas, contribuir para a recuperação de lesões e desenvolvimento de competências. Somos capazes de imaginar porque nossas mentes podem lembrar eventos e criar eventos que ainda não ocorreram. Embora o exercício da mentalização se apoie fortemente na memoria, podemos construir imagens a partir de diversas partes da memoria – seja através de experiências passadas ou de outras pessoas que utilizamos como referência.

Vários atletas fazem uso dessa técnica e Jack Nicklaus, ex- jogador de golfe e o maior vencedor de torneios Masters de todos os tempos com 18 conquistas:

foto com Tiger Woods

“Antes de cada tacada, acesso imagens dentro de minha cabeça. Primeiro vejo a bola onde quero que ela esteja voando alto sobre o gramado brilhante, fazendo a trajetória ate aterrissar. Na cena seguinte me vejo executando o movimento que transformará a imagem anterior em realidade. Esses filmes internos são a chave para minha concentração e para minha abordagem positiva de cada tacada.” Jack Nicklaus

Nicklaus revela o segredo de uma boa tacada no golfe é 10% swing, 40% posicionamento e organização e 50% o quadro mental de como a jogada deve ocorrer. Além da melhoria de desempenho, essa prática também contribuir para tornar as experiências mais agradáveis.

Outro exemplo é dado pela ex-tenista Chris Evert que ensaiava cuidadosamente cada detalhe da partida, incluindo o estilo, a estratégia e a escolha de saques de sua adCOersária.

“Antes de jogar, tenho que ensaiar cuidadosamente o que pode acontecer e como reagirei em certas situações. Visualizo-me jogando com base no estilo de jogo de minhas adversárias. Vejo-me fazendo lançamentos velozes e longos a partir da linha de fundo e chegando a rede se a resposta for fraca. Isso ajuda a me preparar para uma partida, e me sinto como se já tivesse jogado a partida mesmo antes de entrar em quadra.”

A TÉCNICA DE MENTALIZAÇÃO FUNCIONA?

Sim! Desde inúmeros relatos pessoais que veem dos melhores atletas como vimos anteriormente e técnicos que incluem a Mentalização em suas rotinas de trabalho diário, somado a estudos científicos realizados no Centro de Treinamento Olímpico dos EUA onde 100% dos Psicólogos do Esporte, 94% dos técnicos Olímpicos e 99% dos atletas Olímpicos usam a Mentalização durante os treinamentos e, 97% relatam que conseguiam melhoria no desempenho.

Abordagens cientificas como estudos de casos também tem sido utilizadas e confirmam que a Mentalização pode melhorar o desempenho em diferentes modalidades além de golfistas e tenistas, nadadores, patinadores, esquiadores, praticantes de artes maciais, futebol e outros também são favorecidos com essa prática. Portanto, as evidencias cientificas que apoiam a pratica da Mentalização demonstram o valor dessa técnica de preparação mental no aprendizado e desempenho de habilidades motoras.

COMO FUNCIONA A TÉCNICA DA MENTALIZAÇÃO?

Estímulos imaginados e perceptivos (reais) se apresentam de forma semelhante em nossa vida mental. Imagine um limão que tenho em minhas mãos sendo cortado em duas partes e levado a sua boca… espremo para que sinta a sensação do sumo em sua língua… O que sente?

Salivar é um fenômeno real provocado por um estimulo imaginado e que pode ser explicado por algumas teorias:

Psiconeuromuscular – de acordo com esse principio, a mentalização facilita a aprendizagem de habilidades motoras porque ativam os músculos assim como a pratica física real. Ou seja, quando nos imaginamos nitidamente realizando um movimento, usamos caminhos neurais semelhantes aos que usamos no desempenho real do movimento.

Aprendizagem Simbólica – sugere que a mentalização pode funcionar como um sistema codificador para ajudar as pessoas a estenderem e adquirirem padrões de movimentos. Ou seja, nos familiarizando com o que precisamos fazer para realizar com sucesso.

Hipótese das Habilidades Psicológicas – dirigidas ao desenvolvimento e refinamento de habilidades psicológicas como a concentração, redução da ansiedade e aumento da confiança.

As três teorias afirmam que a mentalização funciona produzindo atividade muscular, fornecendo uma fotocopia mental ou melhorando outras habilidades psicológicas.

QUAL A UTILIDADE DA TÉCNICA DE MENTALIZAÇÃO?

A Mentalização pode ser utilizada para melhorar habilidades físicas e psicológicas como:

Concentração – concentrar na ação e evitar as distrações (internas – diálogos internos) e externas (estímulos visuais, auditivos, sinestésicos) visualizando o que e como queremos fazer em determinadas situações. Esse mecanismo tem o proposito central de manter nossa mente focada no que realmente importa e impedir que nossa mente vagueie. Podemos aprender a entrar no nível de concentração ótimo, como manter e como voltar nos momentos de distração.

Aumentar a Confiança – a autoconfiança vem dos momentos em que se consegue atingir objetivos, portanto, a pratica imaginária possibilita a execução com perfeição e com isso, a sensação de capacidade, essência da autoconfiança. Estudos comprovam que atletas altamente confiantes usavam mais mentalizações.

Controlar Respostas Emocionais – podemos usar para nos tranquilizar antes de momentos onde a importância do evento encontra a incerteza do resultado. A ansiedade tanto pode ser debilitadora quanto estimulante. Portanto, podemos usar as mentalizações para regular nosso nível de ativação, para aumentar quando estamos no estado de patia ou diminuir em caso de nervosismo e preocupação excessiva.

Adquirir e Melhorar Habilidades Especificas – imaginando a execução esperada e depois, promovendo o treinamento mental (repetição mental ou ensaio mental) onde se passa o filme imaginado, o maior numero de vezes capaz de contribuir para o condicionamento desejado.

Adquirir e Melhorar Estratégias – podemos imaginar o que fazer diante dos imprevistos e adversidades como o que aconteceu com Vanderlei Cordeiro de Lima que foi derrubado na Olimpíada de Athenas 2004 ou, o sumiço da vara da Fabiana Muller na Olimpíada de Pequim 2008. Como antever e o que fazer diante de possíveis obstáculos, pode ser considerado um bom exercício estratégico de mentalização.

Controlar Dores e Recuperar Lesões – o treino imaginário é um poderosos recurso como auxiliar aos treinamentos uma vez que não se pode treinar de fato por estar em processo de recuperação.

Resolver Problemas – também poderemos usar a mentalização para examinar criticamente todos os aspectos do desempenho para descobrir o fator causador dos problemas e fazer as devidas correções.

COMO DESENVOLVER UM PROGRAMA DE MENTALIZAÇÃO?

Expectativas Realistas e Motivação – podem ser considerados os primeiros passos para o estabelecimento de um programa de treinamento da Mentalização.

Indicadores de Desempenho e Avaliação – é fundamental identificar os requisitos de desempenho da modalidade incluindo o conjunto de competências: Técnicas, Táticas, Físicas e Psicológicas. Veja o exemplo no Futebol:

Imagens Nítidas e Controláveis – o treinamento básico em mentalização inclui exercícios de nitidez e capacidade de controle a partir do uso de todos os nossos sentidos para vivenciarmos cada movimento.

Foco Positivo – imaginar o que quer atingir e tudo o que precisa fazer para conseguir. É como definir um roteiro e seguir o passo a passo para realiza-lo. Depois que definir o script, é hora de repetir diversas vezes como um ensaio mental.

Ambiente adequado – podemos inicialmente praticar mentalização em ambiente adequado e estado de atenção relaxado como um facilitador inicial da pratica.

Vídeo – concentrar em desenvolver imagens positivas faz parte do processo de melhoria de performance, embora também seja útil visualizar ocasionalmente as falhas para promover correções. Por isso os vídeos dos treinos e competições além de utilizar o material gravado de pessoas que considere referência, também contribui para o processo.

Mentalização em Tempo Real – o tempo gasto na mentalização deve ser o tempo real que se leva para realizar. Imaginar em tempo real torna mais eficaz o exercício e aprendizagem.

COMO UTILIZAR A MENTALIZAÇÃO?

A mentalização pode ser praticada antes e depois de treinos e competições, durante intervalo da ação e em ocasiões particulares como no processo de reabilitação de lesões. E para que ela seja efetiva, é preciso integra-la a rotina diária.

Como todas as técnicas psicológicas, a habilidade de visualizar é adquirida por meio de pratica. Alguns participantes são muito bons nisso, enquanto outros podem nem mesmo ser capazes de conseguir uma imagem em suas mentes inicialmente, mas com dedicação e técnica, é possível utilizar esse recurso como um grande aliado da evolução do desempenho.

Suzy Fleury – Psicóloga Cognitiva, Coach e Palestrante / sf@suzyfleury.com.br

Nosso Negócio é Fazer o Seu Negócio Crescer! Melhoria de Performance e Resultados de Líderes, Equipes e Organizações. 

BIBLIOGRAFIA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *